Distrito de Braga

Guimarães - Portugal

Guimarães

Vídeo de : "360portugal | Fotografia e video aéreo, visitas virtuais 360º de Portugal"   Youtube 

  

Situada no fértil vale do Selho, um dos afluentes do Rio Ave, a cidade de Guimarães repousa numa paisagem tipicamente minhota. O concelho de Guimarães é todo ele recortado por vales e rios que correm entre montes. Quem chega vindo de Braga ou Famalicão vê a cidade na encosta de uma montanha que é o Monte da Penha, com o seu Santuário e teleférico. Uma das principais características deste concelho é a da sua composição geográfica de uma mistura de agricultura e de um tecido de numerosas fábricas de fiação, tecelagem, cutelaria, cortumes e calçado. 

Neste concelho de Guimarães encontram-se importantes testemunhos da existência de populações anteriores à romanização ou suas contemporâneas. A cultura castreja está patente na citânea de Briteiros.

A cidade de Guimarães parece ter nascido já durante o período da alta idade média, em terras que pertenciam à Condessa Mumadona Dias e seu marido Conde Hermenegildo Mendes. Após a morte do Conde, nos meados do séc. X Mumadona Dias herdara Vimaranes, e teria de executar uma das verbas testamentárias do marido, a construção de um mosteiro para frades e freiras, dedicado ao Salvador do Mundo, à Virgem Maria e aos doze Apóstolos, sob a regra dos eremitas de S. Pacómio. Durante as invasões normandas, e a fim de proteger o Mosteiro contra as incursões dos vikings e muçulmanos, mandou construir na colina mais próxima do Mosteiro a primeira fortificação, de madeira e terra. Foi Cabeça do território do Condado Portucalense.

  

Guimarães é uma das mais importantes cidades históricas do país, sendo o seu centro histórico considerado Património Cultural da Humanidade, tornando-a definitivamente um dos maiores centros turísticos da região. As suas ruas e monumentos respiram história e encantam quem a visita.

Guimarães é muitas vezes designada como "Cidade Berço", devido ao facto aí ter sido estabelecido o centro administrativo do Condado Portucalense por D. Henrique e por seu filho D. Afonso Henriques poder ter nascido nesta cidade e fundamentalmente pela importância histórica que a Batalha de São Mamede, travada na periferia da cidade em 24 de Junho de 1128, teve para a formação da nacionalidade. Contudo, as necessidades da Reconquista e de protecção de territórios a sul levou esse mesmo centro para Coimbra em 1129.